sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Sentir

O que você faria se você deixasse de ser uma represa e liberasse suas emoções?
O que você faria se você deixasse o sorriso sair, a lágrima cair?
Como você se comportaria se ao ver aquela pessoa querida você simplesmente a abraçasse, compartilhasse um carinho?
O que você se diria ao olhar no espelho e perceber o seu universo particular, belo e intocado, apenas seu?
Como você reagiria ao ser pego de surpresa sabendo que não precisa conter nada mesmo, nem uma palavra?
Como você se sentiria sendo apenas você, sem se restringir?
Não precisa responder, apenas sinta! Sinta cada momento dentro de você! Sinta como a primeira vez que você olhou uma rosa e se encantou com suas cores e se espante como na primeira vez quando se espetou nos seus espinhos! Sinta como a primeira vez que chegou num lugar novo, que conheceu uma pessoa nova, que compartilhou um segredo, que descobriu que seu segredo foi revelado, que comeu algo novo, que sentiu um novo sabor, que caiu e se machucou! Sinta!
Sentir te mantém em contato com tudo, te mantém em contato com a vida, te mantém em contato com você! Porque temos que ter uma barreira entre nós e nossos sentimentos? Não é que em cada vez que sentirmos algo devemos agir como crianças e espernear não! A gente vai conhecendo como cada sensação nos afeta, mas ao invés de segurá-las devemos soltar elas com a sabedoria de reagir da melhor forma! Soltar a melhor lágrima, o melhor sorriso, dar o melhor abraço... Sentir é sua conexão com o mundo ao seu redor!
Uma brisa no rosto pode ser apenas uma brisa se você está apenas apressado, no automático. Mas se, sentindo a pressa, a brisa corre pelo seu rosto, você sente que a pressa pode ser deixada de lado, porque respirar é preciso! É como sair em um dia chuvoso, onde para muitos é uma droga porque está chovendo, mas para outros é a sensação dos pingos na pele, as roupas molhadas, o cheiro da chuva, o som da chuva nas construções, no chão... É o dia tingido de cinza, a sensação da preguiça no ar, a vontade do carinho, do abraço caloroso que traz um sorriso aconchegante. É se dar aquele abraço em busca de calor humano e encontrar em si aconchego, é sentir a si mesmo e se dedicar amor!
Como você se sentiria descobrindo o quanto você é importante?
O que você faria se alguém especial te sorrisse? Dissesse que você é especial também?
Como seria viver sem medo de sentir?
Dessa vez não responda! Apenas te convido a fazer isso, sem pressão! Você vai descobrir que a vida sem barreiras é mais bela, bonita e gostosa de ser vivida! Isso porque nós estamos aqui para sentir!
Não tenha medo de se conhecer, sinta o eu que está dentro do você e sinta o seu impacto no mundo! Faça o mundo ser um universo de sensações positivas porque você é um universo das melhores sensações...
Não acredita nisso? Então sinta...

Não tenha medo!
Se permita!

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Estar de volta

               

 E tem uma parte do caminho que a gente para e olha para trás, não pela vontade de voltar, mas pra gente confirmar o quanto caminhamos e, nossa, quanto caminhamos! A vida é um desenrolar de histórias que só ocorrem enquanto a gente segue em frente e que só as vislumbramos quando saímos da nossa correria e paramos para apreciar a paisagem.
                Há muito tempo deixei de escrever aqui, queria poder dizer o motivo principal, mas sinceramente... Não sei! Talvez tenha perdido o contato comigo mesmo enquanto tentava entrar em contato com o mundo o qual eu vivia. Mal sabia eu o quão tolo eu estava sendo (risos), quando jovens a gente se perde da gente por motivos tão bobos! Não que isso mude quando crescemos, afinal, ninguém sabe ao certo o que significa crescer... Talvez seja parar de ter medo de ser chamado de infantil quando se tem determinada atitude porque a gente entende que estamos preparados para vivenciar as consequências daquilo, talvez seja ir na sorveteria da esquina e comprar um sorvete de todos os sabores, ou sentar na mesa do bar e tomar uma com os amigos, compartilhar histórias sem medo de ser julgado! Ainda não sei, estou descobrindo!
                Mas posso dizer que crescer é aprender que entrar em contato consigo mesmo é essencial! Que não se deve perder a essência daquela conversa íntima no silêncio! Ficar mais velho é entender que você já nasceu como seu melhor amigo e por isso você consegue estar de coração aberto para com os demais! Quando a gente não tem esse contato interior, quando a gente não consegue se abraçar, se dar um bom conselho, significa que ainda temos um longo caminho a trilhar! E sinceramente, a vida tem me mostrado que eu nunca devia ter deixado essa doçura no caminho. Tentaram me ensinar a ser mais esperto, mais mesquinho, mais rude eventualmente... Agradeço a Deus ter falhado em aprender isso! A vida é muito curta pra levar essas coisas na bagagem... A vida é muito curta pra levar qualquer coisa pesada na bagagem!
                A última vez que escrevi, postei uma letra de uma música que falava que um dia eu seria grande o suficiente para não ser mais pisado e estaria morando em uma grande e velha cidade, me sentindo bem, esquecendo do que me fez mal... Nunca pensei que se tornaria realidade! Não por vingança, mas por realização pessoal. E embora ainda não tenha um tostão furado no bolso, ainda sinta que o mundo é muito gigante pra esse pedaço de grão de areia que eu sou e não faça ideia do que me reserva pela frente, sinto que a vida está exatamente como deveria! Gostosa, pura, vida sendo vida! E não tem nada melhor do que saber que com alegrias ou tristezas eu tenho a oportunidade de sentir tudo isso novamente assim que acordo! Quão agraciado nós somos por poder vivenciar essas situações no momento seguinte!
                Não vivo mais na casa dos meus pais, não vivo mais perto das pessoas que me colocavam para baixo, não vivo mais perto da pressão de ser “o bom samaritano”, não vivo mais com nenhum medo ou peso nas costas, não tenho mais que manter a imagem do bom moço... Não tenho mais que apertar contra o peito nada que machuca, nada que sufoca... Não tenho mais que me prender! Eu voei! Abri as asas e voei e abri o meu mais belo sorriso. Ainda tenho meu quarto (novo), embora não possa pintar as paredes desse isso não me incomoda pois aprendi a pintar as paredes da vida, colorir e transbordar essas cores para as pessoas que tocam minha vida. Quando entramos em contato com nosso interior descobrimos que somos um universo maior do que aquele que as pessoas dizem que somos (mas elas não deveriam dizer, já que dificilmente elas entrarão em contato tão profundo com o que nós somos) e esse universo permite compartilhar!
                A lição que a vida tem me ensinado é que eu sou faço minhas regras, mas eu também não preciso ser tão rigoroso comigo mesmo. Nós não precisamos ser rigorosos conosco! Procuramos tanto o amor nos outros porque muitas vezes nós nos tratamos tão mal! O segredo é olhar no espelho e amar a pessoa que te olha de volta, entender que ela é a pessoa que mais merece sua atenção. Quando amamos e a tratamos bem, trataremos bem qualquer outra pessoa sem esperar anda em troca, de coração aberto. As vezes a gente só precisa parar pra respirar para encontrar nosso ponto de equilíbrio e eu, que estava perdido me buscando num mundo que eu não pertencia, me encontrei no meu mundo. Estou de volta! Com um universo renovado e pronto pra compartilhar cada momento! Eu voltei! Speaking by myself, para quem quiser ouvir!

terça-feira, 23 de abril de 2013

MEAN - Taylor Swift (tradução)

Você, com suas palavras afiadas
E espadas e armas que você usa contra mim
Você me tirou dos meus pés de novo
Me fez sentir como se eu não fosse nada
Você, com sua voz como unhas em um quadro negro
Me desafiando quando eu estou ferido
Você que está pegando no pé do mais fraco
Você pode me derrotar
Com apenas um simples golpe
Mas você não sabe, o que você não sabe
Um dia eu vou viver em uma grande e velha cidade
E você será simplesmente mau
Um dia eu serei grande o suficiente para você não poder me atingir
E você será simplesmente mau
Por que você tem que ser tão mau?
Você, com seus dois lados (duas caras)
E sua caminhada por mentiras e humilhação
Você apontou as minhas falhas novamente
Como se eu já não as visse
Eu caminho com a minha cabeça baixa
Tentando me proteger porque nunca vou te impressionar
Eu só quero me sentir bem de novo
Eu aposto que você foi intimidado
Alguém te fez ser frio
Mas o ciclo termina agora
Você não pode me levar por esse caminho
Você não sabe, o que você não sabe
Um dia eu vou viver em uma grande e velha cidade
E você será simplesmente mau
Um dia eu serei grande o suficiente para você não poder me atingir
E você será simplesmente mau
Por que você tem que ser tão mau?
E eu consigo te ver daqui a alguns anos em um bar
Falando sobre jogos de futebol
Com aquela mesma opinião, mas
Ninguém está ouvindo
Em decadência e xingando as mesmas coisas velhas e amargas
Bêbado e resmungando sobre como eu não consigo cantar
Mas tudo o que você é, é mau
Tudo o que você é, é mau
E um mentiroso, e patético, e sozinho na vida
E mau, e mau, e mau, e mau
Mas um dia, eu vou viver em uma grande e velha cidade
E você será simplesmente mau
Um dia eu serei grande o suficiente para você não poder me atingir
E você será simplesmente mau
Por que você tem que ser tão?



Link: http://www.vagalume.com.br/taylor-swift/mean-traducao.html#ixzz2RLbedga4

sábado, 15 de setembro de 2012

ESPELHO



O espelho mostra aquele mesmo olhar, cheio de garra, cheio de desejo, um tanto assustado, às vezes cheio de dúvida, mas com coragem, escondida ali, em algum lugar... A forma mudou, acrescentaram-se algumas coisas, mas é o mesmo olhar, a criança ainda está lá...
O espelho me lembra das bagunças na minha cabeça, da desorganização que tudo foi, que de vez em quando continua e que talvez nunca desapareça. Me lembra da companhia e da solidão, de cada riso e cada lágrima, da dor e da paz em cada momento. Me faz buscar algo que não sei o que é, mas que ainda está por ali... Ainda brincando de pique esconde, ainda esperando que o tempo passe, mesmo com a certeza que o coração sempre será o mesmo
O espelho me lembra de tudo que eu amei, de tudo que amo e me faz questionar o que ainda há para amar... O tempo que não sabia de nada, que comecei a aprender e o que eu não faço idéia de que chegarei a saber, se é que de alguma forma sei de alguma coisa. Às vezes corro atrás de um daqueles momentos em que tudo que temos que fazer é seguir a coreografia, ouvir a música e entrar no ritmo... Esperar os aplausos...
A boca mudou, a barba insiste em crescer, o cabelo está diferente... Eu cresci, eu aprendi, eu mudei, me aperfeiçoei, lutei contra meus montros, expulsei meus demônios, ainda tento me livrar de coisas... Mas o espelho me lembra que ainda, lá no fundo tenho medo do escuro, tenho medo do bixo papão e ainda espero um presente no natal... O espelho me lembra que meus anseios e vontades estão indo e vindo, se realizando e modificando, reinventado, me lembra que não estarei aqui para sempre, que o amanhã é incerto e que eu vou crescer, vou mudar mais, aprender mais, ficar com cabelos brancos ou sem cabelos talvez, o olhar vai ficar cansado, a voz mais mansa, o coração mais intenso, talvez sem tempo enquanto tudo ao meu redor também se reinventa, mas que sempre tem algo ali no olhar sorrindo de volta pra mim... O espelho me lembra que eu sou o mesmo que sempre fui e mesmo que mude, aprenda e cresça, Eu nunca vou mudar aquela criança que eu fui!!! Um dia eu não estarei aqui, mas eu nunca mudarei quem eu sou... Eu nunca deixei de ter medo do escuro...

domingo, 15 de julho de 2012

SMILE (Charlie Chaplim)


Sorria, embora seu coração esteja doendo
Sorria, mesmo que ele esteja partido
Quando há nuvens no céu
Você sobreviverá...
Se você apenas sorri
Com seu medo e tristeza
Sorria e talvez amanhã

Você descobrirá que a vida ainda vale a pena 
se você apenas...

Ilumine sua face com alegria
Esconda todo rastro de tristeza
Embora uma lágrima possa estar tão próxima
Este é o momento que você tem que continuar tentando
Sorria, pra que serve o choro?
Você descobrirá que a vida ainda vale a pena
Se você apenas...

Chorus
Sorria, embora seu coração esteja doendo
Sorria, mesmo que ele esteja partido
Quando há nuvens no céu
Você sobreviverá...
Se você apenas sorri
Com seu medo e tristeza
Sorria e talvez amanhã

Você descobrirá que a vida ainda vale a pena 
se você apenas...

Larara..

Este é o momento que você tem que continuar tentando
Sorria, pra que serve o choro?
Você descobrirá que a vida ainda vale a pena
Se você apenas Sorrir

sábado, 21 de abril de 2012

ACEITAR-SE


    Às vezes nos sentimos desencorajados, de mal com a vida... É como se algo não estivesse certo dentro da gente e as pessoas ao nosso redor são cruéis, incompreensivas e nos machucam por muitas vezes, mas por que se prender a isso quando há tanta coisa boa por ai a fora.
                Às vezes nos sentimos deslocados, perdidos, imperfeitos, mas já você já parou para reparar no mundo? Já notou que ele é todo irregular, cheio de falhas, cheio de riscos, rabiscos, buracos, cores nos lugares errados, invernos rigorosos, desastres... Imperfeito. E é exatamente isso que o torna ainda mais belo! Isso porque o mundo sabe lidar com suas imperfeições e tirar de cada coisa ruim um motivo para construir algo ainda mais belo, uma seleção natural que por si só melhora as coisas.
                Assim deveríamos ser. Sempre! Não importa como você é! Se você é gordo de mais as pessoas vão te apelidar, vão agir naturalmente na sua frente, mas sempre terão uma piadinha de gordo pelas costas isso quando não quiserem usar isso contra você. Se você é alto de mais eles podem usar isso contra você, se é baixinho então, duende! Se sua voz é estranha, se você é gay, lésbica, ou bissexual. Se você errou na cor do cabelo ou tem um estilo diferente dos demais, pode ser gótico ou hard rock, pode ser sorridente de mais ou sério de mais, educado de mais, racional de mais, sentimental de mais, não importa! As pessoas sempre usarão isso contra você, mas o problema é que nada disso é defeito! Nada!
                As pessoas querem que você veja assim para não se sentir de bem consigo mesmo, isso porque elas não conseguem se sentir bem com elas mesmas, são incapazes de sorrir para si, são incapazes de deixar de lado aquela platéia e acabar com o teatro que as aflige, que as tornam infelizes e, assim, preferem que você também não seja feliz, porque sua felicidade os fará lembrar aquilo que eles não conseguem alcançar. Dê costas a isso, desapegue daquilo que te faz mal, largue fora esse sonho de popularidade infantil, pare de se machucar com pessoas que não sabem para onde ir, nem tem caminhos a seguir. Você não tem defeitos, nasceu perfeito, da forma como Deus quis, com todas as imperfeições que te fazem único e por isso deve ser feliz, muito feliz.
                Todo mundo erra, grita, chora, perde a paciência, teima, tem preguiça, faz algo de errado, tem defeitos... Aceitar-se é o primeiro passo para abrir mão de tudo que machuca, de todos que não o entendem! Quando aceitamos nossos defeitos, abrimos espaço para crescer mais. Quando aceitamos que erramos, temos a oportunidade de concertar... Construa sua estrada, lute por um sonho e conquiste seus objetivos, sempre! Não se perca! Assim como na história de Peter pan, que dizia que toda vez que alguém dizia que fadas não existiam, a luz de uma fada se apagava em algum lugar, toda vida que você diz que não é capaz de algo um sonho seu morre em algum lugar. A vida é feita de sonhos, não deixe que a vida morra aos pouquinhos por vergonha ou medo de algo. A felicidade é uma estrada complexa, de vez em quando cruza com a dor, mas por isso que ela é tão valorizada, tão especial!

                Todo mundo que tem valor (amor próprio) sabe valorizar um sorriso e alegra-se com uma vitória mesmo que de um desconhecido! Apegue-se a pessoas que sejam verdadeiras contigo, mas que usem as palavras da forma correta, não para te derrubar sem motivos, mas para te ajudar a subir. Amizade é um sentimento incrível que deve ser distribuído sabiamente. Então sorria pra vida, saiba traduzir a beleza que existe nas suas “imperfeições”, aceite-se, viva, seja você sempre! Perfeito! Dê as costas para o que te puxa para baixo e abra um sorriso, sempre! A felicidade é contagiante e quando estamos de bem conosco, ela se torna ainda mais contagiante! Não se perca! Jamais! Você é perfeito e tudo sempre melhora! Repita isso sempre!

terça-feira, 17 de abril de 2012

Hoje e Amanhã

Hoje eu defino, dou nome, dou forma
Amanhã, espero estar certo
Hoje eu brinco, corro, sorrio, grito...
Amanhã quero lembrar-me de tudo isso
Hoje eu testo, adivinho, pesquiso, descubro
Amanhã repito tudo de novo
Hoje eu choro, sou magoado, me irrito, magôo...
Amanhã desejo ter esquecido (ou que esqueçam...)
Hoje eu me arrependo, percebo o que fiz de errado
Amanhã me desculpo, corrijo, amenizo a dor
Hoje eu sei ou penso que sei, imagino que saiba
Amanhã saberei se sei...
Hoje eu deixo meu ego se elevar, ergo a cabeça, passo por cima
Amanhã percebo que fui um idiota
Hoje eu amo, amo muito! Preencho meu coração
E Amanhã desejo continuar amando
Hoje eu faço desenhos em preto e branco
Amanhã redesenho usando cores
Hoje modelo
Amanhã dou forma
Hoje eu acho que algo pode ser impossível
Amanhã tenho a certeza que não é!
Hoje eu estou cansado
Amanhã estarei revigorado
Hoje eu tenho muita coisa pra fazer
Amanhã decido se ainda as terei... (depende do ontem)
Hoje eu sou alguém que quer ser alguém Amanhã
Amanhã pretende ser alguém diferente do que sou hoje
Enfim, Hoje o sol nasceu, brilhou e se pôs, num dia inteiro para ser aproveitado
Amanhã saberei se valeu a pena o ontem
E pra confirmar, só depois de amanhã
Porque Hoje eu pretendo ser muito mais feliz
Pra amanhã a felicidade ser ainda mais completa!